(Re)Configurar Espaços de Aprendizagem

A participação do Diretor do AE Cristelo, Dr. Mário Rocha no evento promovido pela DGE “Capacitação Digital das Escolas: (Re)Configurar Espaços de Aprendizagem” focou-se nos desafios de uma escola TEIP em encontrar novos espaços de aprendizagem, pois o compromisso com a inovação educacional transcende os limites convencionais, abrindo portas para novos espaços de aprendizagem que desafiam a tradicionalidade do ensino. Numa escola TEIP como a nossa, a busca pelo conhecimento vai além das quatro paredes da sala de aula, encontrando expressão em atividades que promovem a integração curricular de forma dinâmica e envolvente.

Uma dessas iniciativas é a implementação das atividades de Integração Curricular (RIC), um verdadeiro mosaico de aprendizagem que conecta diferentes disciplinas em experiências interativas. Nesse cenário, a matemática dança com a literatura, a ciência dialoga com a história, e a arte liga-se com todas. Os alunos são desafiados a explorar conexões entre os conhecimentos adquiridos, promovendo uma compreensão mais profunda e contextualizada.

Outro elemento cativante que ganha vida nos corredores da nossa “orgulhosamente” Escola TEIP é o “busking“. Longe de ser uma mera apresentação ao ar livre, o busking transforma-se numa plataforma de performances que transcende as barreiras disciplinares, os alunos não mostram apenas as suas competências, mas criam verdadeiras sinfonias de aprendizagem, onde cada ato é uma expressão única de múltiplos conhecimentos.

A avaliação, nesse contexto, assume um papel fundamental. A abordagem formativa é privilegiada, focando não apenas nos resultados finais, mas no processo contínuo de aprendizagem. Os professores tornam-se também guias, fornecendo feedback construtivo que orienta os alunos e encarregados de educação no seu percurso educativo, encorajando a reflexão e a melhoria contínua.

Estes novos espaços de aprendizagem na nossa Escola, não apenas desafiam as tradições educativas, mas também nutrem a paixão pelo saber. Ao integrar disciplinas, explorar performances ao ar livre e adotar uma avaliação formativa, a escola não apenas prepara os alunos para os desafios académicos, mas também os capacita a enfrentar os complexos desafios do mundo moderno com uma perspetiva interdisciplinar e criativa.


Capacitação Digital das Escolas: (Re)Configurar Espaços de Aprendizagem

Este evento foi dirigido a Diretores de Agrupamentos de Escolas e/ou Escolas não agrupadas, Diretores de Centros de Formação de Associação de Escolas e outros docentes e técnicos envolvidos diretamente na Transição Digital na Educação. Pretende-se, por um lado, fazer um balanço de três anos de Transição Digital, mas, também, perspetivar o desenvolvimento das competências digitais de alunos e de professores e as questões pedagógicas e organizacionais envolvidas.

Artigo publicado por

PArtilhar

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.